Sunday, January 13, 2008

Portugal - Conhecendo Lisboa e arredores!


Em Lisboa, se você ainda não conhece muito a cidade, comece a visita pela beira mar, na região onde está o Monumento ao Descobrimento, a Torre de Belém, o Mosteiro dos Jerônimos e, claro, a fábrica dos famosos e deliciosos ‘Pastéis de Belém’, tudo ali, um bem pertinho do outro. Visite também o Castelo de São Jorge - construção do século XII, o mais velho monumento da capital portuguesa. O Castelo, pairando sobre o pitoresco bairro da Alfama, oferece a mais didática das vistas de Lisboa. Ali, debruçado sobre o muro do terraço, é possível entender a geografia e a história de Lisboa numa só aula. Primeiro olhe para trás, em direção ao próprio castelo: na verdade, você está vendo as muralhas de uma fortaleza do tempo da ocupação moura. Sim, porque Lisboa só foi reconquistada pelos portugueses em 1.147, depois de 300 anos sob domínio muçulmano. Isso explica as ruelas tortuosas, as escadarias e os labirintos que você teve de subir até aqui, no alto do castelo - o traçado caótico da Alfama é o mais importante legado mourisco à cidade.
Agora, volte-se novamente para a vista a sua frente... Seu olhar será rapidamente guindado à esquerda, onde fica o Tejo. Mais do que um simples rio, o Tejo é a avenida que liga Lisboa ao Oceano - e, conseqüentemente, ao período mais glorioso de Portugal. A foz é bem mais adiante, fora do seu campo de visão, depois do Bairro de Belém, onde termina a cidade e começa a orla do Estoril e de Cascais. Você não percebe, mas, entre o centro da cidade e Belém, há uma série de armazéns à beira-rio que foram transformados em discotecas, formando a porção mais ‘mauricinha’ da Lisboa de hoje. Vê aquela ponte monumental? Pois praticamente embaixo dela fica a Doca de Santo Amaro, um ‘deck’ repleto de bares e restaurantes, que também é uma das principais atrações dessa Lisboa ‘moderna’ e agitada. Sempre olhando para o centro, você vê o Róssio, que é o coração de Lisboa. Entre o Róssio e a grande praça à beira-rio (a Praça do Comércio), fica a “Baixa”, o centro comercial de Lisboa, com seus quarteirões perfeitamente simétricos. Atrás da ‘Baixa’ fica o Chiado, onde está o comércio chique do centro.
Depois, na continuação do Chiado, vê-se a colina do Bairro Alto, reduto intelectual, boêmio e moderninho, onde a Lisboa dos fados se mistura com a Lisboa de todas as músicas. Enfim, suba lá e veja se não é realmente interessante observar isso tudo e muito mais que você certamente verá.
Ainda em Lisboa, não deixe de conhecer dois restaurantes que, para mim, são os mais sensacionais que existe em toda a capital portuguesa: O primeiro, para comer bem (jantar) e degustar ótimos vinhos portugueses, ouvindo fados (ao vivo!) que irá transporta-los para onde desejar seus pensamentos, é o ‘Sr. Vinho’. Fica na Rua do Meio - Lapa. Faça reserva antes de ir. O segundo é o ‘Parreirinha do Alfama’, um lugarzinho super pequeno e aconchegante, onde também se come muito bem ao som de fados inesquecíveis! Entretanto, para quem gosta de Cerveja, vá durante o dia na ‘Cervejaria Trindade’, a mais antiga e belíssima cervejaria de Portugal! Fica na Rua Nova da Trindade, nº 20C. Existe desde 1836, ocupando o lugar onde era o Refeitório do Convento dos Frades Trinos, cuja primeira fase de construção data de 1.283. Super, não? Ah! Se você quiser comer leitão assado, vá a Almada. É um vilarejo bem perto e lá está o que existe de melhor!
Sintra - Viajar aos arredores de Lisboa é mais fácil do que cruzar uma grande cidade brasileira... Tanto a serra (Queluz e Sintra) quanto à orla (Estoril e Cascais) estão a poucos minutos de automóvel ou de trem de Lisboa. Comece por Sintra - Uma estância medieval, com clima de montanha. Está situada a 28 kms de Lisboa, 15 de Cascais, 13 de Estoril, e 98 de Setúbal. A “vila” é tão antiga quanto Portugal, conquistada pelos Mouros em 1.147, pelo primeiro Rei de Portugal - Dom Afonso Henriques. É o refúgio serrano dos lisboetas.
O centro da ‘Vila’, bem charmoso, conserva o Palácio Nacional. Tão monumental quanto o Palácio da Pena, no alto de uma montanha. Não deixe de conhecer o “Palácio da Pena”, residência de inverno dos antigos reis de Portugal, e também o “Hotel Palácio dos Seteais”, para tomar um “Porto” ou mesmo um “Chá” no seu jardim.

Saindo de Sintra, com destino a Cascais, não use a auto-estrada (N9). Prefira a estradinha N247, que passa por Colares e descortina uma paisagem muito mais agradável. Por ela, antes de chegar a Cascais, você pode ir até o ‘Cabo da Roca’, o ponto mais ocidental do continente Europeu, antes de almoçar lautamente num dos bons restaurantes da ‘Praia do Guincho’. Eu indico, sem pestanejar, o ‘Faroleiro’. Peça arroz com mariscos, você não vai se arrepender! Ou o Mestre Zé, igualmente muito bom!
Cascais é um balneário super badalado, cheio de gente bonita e interessante. É lá que o nosso saudoso Ayrton Sena realmente ‘curtia e descansava’ quando estava na Europa, em casa de um grande amigo português que ainda hoje vive no lugar. Depois, vá ao centro, tomar um drink no ‘John Bull Bar’ e diga que eu recomendei, tá?
De Cascais, dê um pulinho até Estoril. Também vale a pena e é bem pertinho. Além do circuito de F-1 (Autódromo Fernanda Pires da Silva), a cidade é uma graça, com seus casinos e praias urbanizadas! Se ainda restar tempo, vá também até Queluz e visite o Palácio ali existente, onde morou D. Pedro IV, o nosso D.Pedro I.
Lisboa e arredores têm ótimos hotéis, de todos os estilos que você preferir e puder pagar, mas eu indico um onde sempre fico quando estou lá: muito bom, bem confortável e preço justíssimo:
Hotel IBIS (Liberdade)
Rua Barata Salgueiro, 53 - Liberdade.
1250-043 Lisboa - Portugal
Tel. + (351) (21) 330-0630 - Fax: + (351) (21) 330-0631.
Localização: Bem perto da Praça Marquês de Pombal e do Hotel Sofitel ali existente, com fácil acesso para qualquer destino, a pé ou de táxi.

--------------------------------------------------

1 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Olá, Sr. Pedro!!
o Sr. é o máximo mesmo...
lendo sua matéria, até parece que estamos em Portugal, sem nunca ter ido...e ela aguça ainda mais a vontade de conhecer este lugar maravilhosos que deve ser...e com certeza, vamos conhecer...
abraços calorosos, seus amigos...
Cida e Dieter

8:49 PM, January 17, 2008  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home